segunda-feira, 2 de maio de 2016

Oh minha Santa Sara, o meu olhar está fixo no teu altar


Oh minha Santa Sara, a tua fé derrotou a maré
Santa Sara me conduz! O teu amor por Kristesko é a minha luz
Torne visível o segredo deste chão e afaste do meu rumo toda ilusão


Eu perfumo o ar com o aroma do alecrim; eu te ofereço flores de jasmim!
Coloca em desorientação o pensamento daqueles que tramam contra mim
Mostra-me a direção e como louvor eu te entrego o manto azul da gratidão

Oh minha Santa Sara, o meu olhar está fixo no teu altar
Abençoe esta água e o que está em minha volta, socorre o meu lar!
Avise ao olho do mal, que o ódio é um mau sinal e que viver é saber amar

Que todo trabalho mal intencionado se desintegre na minha frente
Que a vala que preparam para a minha queda se feche para sempre
Oh minha Santa Sara, eu te ofereço o meu amor; alivia a minha dor!




Oh minha Santa Sara, seja a minha sentinela
Livra os justos do calabouço, abra todas as janelas!
Eu sigo confiante! 

O meu chão está coberto de rosas amarelas...

Neste momento eu tenho em minha volta toda a tua claridade
Sei da tua proteção; meu caminho está livre de qualquer maldade
Oh minha Santa Sara, eu te dedico a minha devoção por toda a eternidade!

Janete Sales Dany
Poesia@ Registrada na Biblioteca Nacional

Licença Creative Commons
O trabalho Oh minha Santa Sara, o meu olhar está fixo no teu altar de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.



Vídeo:

Oh minha Santa Sara, o meu olhar está fixo no teu altar por Janete Sales Dany
Música: "For Originz" Kevin MacLeod (incompetech.com)
Licensed under Creative Commons: By Attribution 3.0
http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/


Santa Sara Kali

Após a morte de Jesus, seus seguidores passaram a ser perseguidos pelos romanos. Maria Madalena, Maria Salomé, Maria Jacobé, José de Arimatéia e uma escrava egípcia chamada Sara foram jogados ao mar para morrerem de fome e sede. Todos rezaram, até que um dia chegaram a uma praia, no território que hoje pertence à cidade de Saint Marie de la Mer, na França.

Foram, então, recolhidos por um povo de vestes coloridas, que cantava e dançava. Este povo cuidou dos maltratados tripulantes. Sara conhecia ervas curativas e técnicas médicas primitivas e passou a cuidar dos doentes e gestantes do grupo. Sua fama cresceu e pessoas vinham de longe para receber tratamento. Este povo era o povo cigano, e a fama de Sara espalhou-se mais rapidamente após sua morte.

Quando Sara morreu, seu corpo foi enterrado em uma gruta, que passou a receber anualmente visitantes de todas as partes, pedindo e agradecendo por graças recebidas. As peregrinações se firmaram nos dias 24 e 25 de maio e cada vez mais ciganos chegavam à cidade a cada ano.
Sara acabou por ser canonizada pela Igreja Católica e ganhou uma igreja em sua homenagem na cidade de Saint Marie de La Mer.

Link:
https://sites.google.com/site/cantocigano2/gitanos/da-crenca-gitana/santa-sara

Para ver mais, procure "saint marie de la mer" em http://youtube.com

Significado da Bandeira Cigana
Azul
Liberdade, todo cigano é livre.
Verde
Natureza, o chão que o cigano caminha.
Vermelho
A paixão pela vida.



O vermelho na roda de carroça:
O amor, a paixão, que os ciganos percorreram e espalharam por todo o mundo.


Observação:
 Para o povo cigano

Kristesko  é Jesus Cristo,
o Filho de Deus

.


Nenhum comentário:

Postar um comentário